Avó, cada vez mais mãe!... Dicas de Vó

Foi-se o tempo em que as avós eram aquelas velhinhas de cabelos brancos que participavam da vida dos netos apenas durante as férias ou fins de semana. Cada vez mais ativas, atualmente as vovós modernas se fazem muito mais presentes seja para brincar, cuidar, “estragar” as crianças e, muitas vezes, até mesmo ajudar a sustentá-las financeiramente.
Não é para menos. Ser mãe, hoje em dia, implica no acúmulo de funções da mulher que não pode e não deseja parar suas atividades profissionais para dedicar-se integralmente à maternidade. E é aí que as vovós aparecem como o grande e mais competente braço direito das filhas ou noras.






Aos 61 anos, a secretária Sonia Rodrigues é uma dessas avós. Sim, ela tem uma profissão e mantém-se na ativa, mas está sempre pronta a ajudar a filha e a nora com seus três netos, um casal de 5 anos e um menino de 8. A experiência na criação de seus 3 filhos é a grande base com que conta para não deixar a peteca cair. Sonia conta que o amor pelos netos é incondicional, por isso, estar com eles não “dá trabalho, algum”.






“Meu neto mais velho é asmático e, certa vez, minha filha estava a trabalho quando ele teve uma grande crise. Tive que tomar uma decisão por minha própria conta de levá-lo ao hospital. Foi uma grande responsabilidade, mas deu tudo certo e ele melhorou. Quando minha filha chegou estava tudo tranqüilo”, ela diz.






Como avó, Sonia diz que atualmente consegue enxergar o quanto poderia ter curtido mais seus próprios filhos. “A avó não estraga os netos, mas, sim, consegue compreendê-los melhor do que compreendia seus filhos, ou seja tem mais paciência em ouvi-los. Talvez seja por isso que eles me obedecem sempre”.






E o que faz com que uma avó se entristeça? Diz a vovó Sonia: “É quando vejo os meus netos levarem bronca dos pais. Isto acaba comigo. Mas eu sei que essas broncas são para o bem deles, e isto serve de consolo”.






E sabe outra coisa que as vovós sabem fazer muito bem? Dar conselhos. Diante das dificuldades na criação dos filhos, você já pensou em perguntar a elas como proceder?






“Como mãe e como avó acho que não é nem mais fácil nem mais difícil criar e educar um filho atualmente. Tudo depende muito de como os pais das crianças foram educados, dos valores que cada um deles recebeu. E essa deve ser a nossa maior contribuição”, diz a vovó Sonia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário