Meu bebê corre riscos?...Gestante no volante.

Alguns médicos indicam que a mulher não dirija durante a gestação, mas com a vida moderna, muitas vezes, isso não é possível. A gestante só fica proibida de dirigir em casos de risco de parto prematuro, contrações ou outros tipos de problemas.


Porém, o ideal é que mesmo as grávidas mais saudáveis evitem a direção a partir da metade da gestação, que é por volta da vigésima semana. “Se dirigir, deixar o banco do carro o mais afastado do volante que puder e não correr, pois um impacto por menor que seja, pode causar sérios problemas, podendo afetar o fundo do útero”, explica o Dr. Sérgio Peixoto, presidente da Comissão de Assistência Pré-Natal da Febrasgo - Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia.










No caso de viagens mais longas, o Dr. Sérgio tem algumas dicas. “Na estrada é proibido a gestante dirigir, porque o carro fica em velocidade constante e isso pode fazer com que o útero vibre. Além disso, não esquecer de viajar com uma almofada nas costas, pedir para quem estiver dirigindo que mude sempre de marcha, para a velocidade não ficar constante e a cada duas horas parar o carro, para caminhar um pouco”.






Seja no volante ou no banco do passageiro, é importante que a gestante use o cinto de segurança da maneira correta, para que ele não vire uma arma em caso de acidentes. “O cinto deve estar bem ajustado a nível de tórax, fugir do abdominal e ajustar de forma que a gestante não fiquei se chacoalhando dentro do carro”, ensina o especialista.

0800-109992
kits para berços, o melhor preço, a mamãe só encontra aqui na


Traga seus orçamentos e confira!

Lojas abertas de domingo a domingo





Nenhum comentário:

Postar um comentário