Quando a criança range os dentes




Ainda não se sabe exatamente por que as crianças rangem os dentes, mas os especialistas costumam associar o hábito a alguns fatores, como tensão ou estresse, dor (de ouvido ou pelo nascimento dos dentes, por exemplo) e problemas de oclusão (quando os dentes não se "encaixam" direito).






Há quem diga que a alergia pode influenciar, e até a presença de parasitas, como lombrigas, mas não há nenhuma prova científica de que haja relação entre esses fatores e o ranger de dentes.






Antes de se assustar, porém, saiba que muitas vezes a origem do barulho é bem mais inofensiva: a criança está apenas se acostumando à presença dos dentes na boca.






Estudos mostram que a tendência a ranger os dentes (também chamada de bruxismo) é maior se os pais também fazem a mesma coisa. E a criança tem mais chance de ranger os dentes se costuma falar dormindo ou babar.






De acordo com um estudo publicado no Journal of Dentistry for Children, cerca de 38 por cento das crianças rangem os dentes. Em média, o hábito aparece aos 3 anos e meio, e permanece até os 6, embora gente de todas as idades ranja os dentes. Quase sempre, o ranger de dentes acontece durante a noite.










Ranger os dentes é prejudicial?






Na maioria dos casos, não. É muito pouco provável que seu filho consiga prejudicar os dentes fazendo isso, e é grande a chance de ele abandonar logo o hábito. Mas vale a pena mencionar o caso para o dentista, para que ele examine bem os dentes para ver se eles não estão se desgastando pelo atrito.


0800-109992
Estamos a 13 anos decorando o quarto de seu bebê com tudo que tem de melhor !






Nenhum comentário:

Postar um comentário