A rua que se especializou em bebês. Uriart-Baby 13 anos

Proximidade do Hospital São Luiz mudou o eixo da Jesuíno Cardoso

Reynaldo Gollo
Jornal O Estado de S. Paulo
12 de maio 2006



Há cerca de dez anos, o comerciante Urias Figueiredo saiu às ruas em busca de móveis para o quarto do segundo filho. Andou toda a cidade. Foi na região da Avenida Radial Leste, famosa por esse tipo de comércio, mas não encontrou o que tinha em mente, nem julgou ter sido bem atendido. Diante dessas dificuldades, se contentou com o que o mercado lhe oferecia na época, mas tomou uma decisão: especializar sua loja de móveis convencionais em artefatos para bebês, com atendimento treinado e direcionado para esse público alvo. Resultado: nasceram Vitor – seu filho – e a loja UriArt Baby, que cresceu, gerou mais três outras lojas e deu início a mais uma “rua especializada” na capital, a Ministro Jesuíno Cardoso, hoje, com mais oito outras lojas de produtos para bebês.


“Resolvi abrir a loja aqui por causa da Maternidade São Luiz. Foi lá que meu filho nasceu”, explicou Figueiredo. “Pessoas que estão esperando um filho estão em uma fase mais sensível e precisam de uma atenção diferenciada. Daí, era preciso uma filosofia de atendimento para eles.” A proximidade com a maternidade e o sucesso da UriArt iniciaram a tendência.



Nos últimos quatro anos, a Jesuíno e sua continuidade, a Doutor Alceu de Campos Rodrigues, onde, de fato, fica a maternidade, viram surgir, pelo menos, mais cinco outras lojas. De móveis, roupas, calçados, uma especializada em móveis de desenho clássico que confecciona berços em estilo século 18 e outra que vende até roupas para bebês prematuros, além de um curso para quem quer ser babá. “Abriram mais lojas infantis por aqui do que bares”, afirma Deusdete Afonso de Souza, morador da região, destacando que o bairro sempre foi famoso pela grande oferta de bares e pubs. Hoje, a Jesuíno começa a atrair público que antes tinha como referência a Radial Leste, como o casal Edson e Caroline Vendramini, que, aliás, mora próximo da Radial, mas foram até a Jesuíno para comparar preços. “Estamos atrás de um carrinho”, disse Edson. “Mas há muita diferença de preços. Achamos um aqui que parece mais em conta.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário